Técnicas de punctura

 

 

 

 

 

 

As técnicas de punctura consistem na aplicação de agulhas estéreis e extremamente finas em pontos definidos do corpo para efeitos terapêuticos e sem dor. O estímulo desses pontos tem ação: sobre a circulação local, com melhoria da oxigenação e da nutrição dos tecidos; sobre os recetores do sistema nervoso (neurotransmissores) normalizando funções alteradas; e sobre a produção de corticóides pela glândula suprarenal, com efeitos anti-inflamatórios.

A sua aplicação clínica está por isso direcionada para os objetivos de diminuição de processos inflamatórios e alívio de dor, relaxamento e bem-estar, reabilitação física e desportiva e reforço do sistema imunológico. Indicado nomeadamente para o tratamento de contraturas musculares, nevralgias do trigémeo, lesões no membro inferior (artrose da anca e do joelho) e membro superior (dor crónica do ombro), dorsalgias, lombalgias, hérnias dicais, cervicalgias, lesões músculo-esqueléticas na face e pescoço, torcicolos, parilisias faciais, disfunções temporo-mandibulares, cefaleias (dor de cabeça) de tensão e dismenorreias (cólicas menstruais). As técnicas de punctura são também recomendadas no alívio de sintomas de problemas funcionais orgânicos.

A Equipa de fisioterapia da Nutrémia, com conhecimentos da medicina convencional e formação em técnicas de punctura, poderá complementar melhor os seus tratamentos.

Este website usa cookies para melhorar a sua experiência como utilizador. Ao prosseguir, está a declarar aceitar todos os cookies do site Nutrémia.